Guião para a Prova de Aferição



Síntese Gramatical


**Catálogo de Testes**



Alfabeto


Ordem alfabética




Da palavra ao fonema




* quanto ao número de sílabas**












O texto





http://www.esec-vitorino-nemesio.rcts.pt/netaprendizagem/Lingport2/ortografia.htm
*








A frase





Estrutura da frase (sujeito, predicado









**O nome**


Ficha informativa

Nomes






**O determinante

Determinantes



*O adjectivo**


graus adjectivos 1 »


Pronome











Modelos de conjugação dos verbos



a) exercício sobre o PRESENTE DO INDICATIVO
b) exercício sobre o PRETÉRITO IMPERFEITO DO INDICATIVO
c) exercício sobre o PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO
d) exercício sobre o FUTURO DO INDICATIVO (verbos regulares)
e) exercício sobre o FUTURO DO INDICATIVO (verbos irregulares)
f) exercício de identificação dos TEMPOS DO MODO INDICATIVO
g) exercício sobre os TEMPOS E MODOS verbais





O advérbio


Advérbios





A preposição**


Conjunções2


A conjunção**


A interjeição e locuções interjectivas












Relação entre palavras**

A onomatopeia e palavras onomatopaicas**


*Funções sintácticas**








**Narrativa**




**O TEXTO NARRATIVO**

a) as categorias da narrativa:


Recursos expressivos (personificação, comparação, adjectivação, enumeração, repetição…

LITERATURA ORAL
E TRADICIONALLiteratura Oral e Tradicional -blog7-10-11




a) contos e lendas:

http://www.folclore-online.com/lendas.html

exercício 01

b) adivinhas e provérbios:

exercício 01 exercício 02 exercício 03 exercício 04 exercício 05
exercício 06 exercício 07


FIGURAS DE ESTILO

exercício 01 exercício 02
exercício 03 exercício 04
exercício 05
AS CARACTERÍSTICAS
DO TEXTO DRAMÁTICO

exercício 01 exercício 02 exercício 03



VOCABULÁRIO DE TEATRO
exercício 01


Características do Texto Dramático

external image editor É constituído por:

  • Texto principal composto pelas falas dos actores que é ouvido pelos espectadores;
  • Texto secundário (ou didascálio) que se destina ao leitor, ao encenador da peça ou aos actores.
É composto:
    • pela listagem inicial das personagens;
    • pela indicação do nome das personagens no início de cada fala;
    • pelas informações sobre a estrutura externa da peça (divisão em actos, cenas ou quadros);
    • pelas indicações sobre o cenário e guarda roupa das personagens;
    • pelas indicações sobre a movimentação das personagens em palco, as atitudes que devem tomar, os gestos que devem fazer ou a entoação de voz com que devem proferir as palavras;
external image editor Acção – é marcada pela actuação das personagens que nos dão conta de acontecimentos vividos.
external image editor Estrutura externa – o teatro tradicional e clássico pressupunha divisões em actos, correspondentes à mutação de cenários, e em cenas e quadros, equivalentes à mudança de personagens em cena.
O teatro moderno, narrativo ou épico, põe completamente de parte as normas tradicionais da estrutura externa.
external image editor Estrutura interna:

  • Exposição – apresentação das personagens e dos antecedentes da acção.
  • Conflito – conjunto de peripécias que fazem a acção progredir.
  • Desenlace – desfecho da acção dramática.
external image editor Classificação das Personagens: * Quanto à sua concepção:

  • Planas ou personagens-tipo – sem densidade psicológica uma vez que não alteram o seu comportamento ao longo da acção. Representam um grupo social, profissional ou psicológico);
  • Modeladas ou Redondas – com densidade psicológica, que evoluem ao longo da acção e, por isso mesmo, podem surpreender o espectador pelas suas atitudes.
* Quanto ao relevo ou papel na obra:
  • protagonista ou personagem principal Individuais
  • personagens secundárias ou
  • figurantes Colectivas
external image editor Tipos de caracterização:

  • Directa – a partir dos elementos presentes nas didascálias, da descrição de aspectos físicos e psicológicos, das palavras de outras personagens, das palavras da personagem a propósito de si própria.
  • Indirecta – a partir dos comportamentos, atitudes e gestos que levam o espectador a tirar as suas próprias conclusões sobre as características das personagens.
external image editor Espaço – o espaço cénico é caracterizado nas didascálias onde surgem indicações sobre pormenores do cenário, efeitos de luz e som. Coexistem normalmente dois tipos de espaço:

  • Espaço representado – constituído pelos cenários onde se desenrola a acção e que equivalem ao espaço físico que se pretende recriar em palco.
  • Espaço aludido – corresponde às referências a outros espaços que não o representado.
external image editor Tempo:
  • Tempo da representação – duração do conflito em palco;
  • Tempo da acção ou da história – o(s) ano(s) ou a época em que se desenrola o conflito dramático;
  • Tempo da escrita ou da produção da obra – altura em que o autor concebeu a peça.
external image editor Discurso dramático ou teatral:
  • Monólogo – uma personagem, falando consigo mesma, expõe perante o público os seus pensamentos e/ou sentimentos;
  • Diálogo – falas entre duas ou mais personagens;
  • Apartes – comentários de uma personagem que não são ouvidos pelo seu interlocutor.
Além deste tipo de discurso, o tecto dramático pressupõe o recurso à linguagem gestual, à sonoplastia e à luminotécnica. external image editor Intenção do autor - pode ser:

  • Moralizadora;
  • Lúdica ou de evasão;
  • Crítica em relação à sociedade do seu tempo;
  • Didática.
external image editor Formas do género dramático:
  • Tragédia
  • Comédia
  • Drama
  • Teatro Épico.
external image editor Outras características:

  • Ausência de narrador.
  • Predomínio do discurso na segunda pessoa (tu/vós).
in: http://ha2sem3.blogs.sapo.pt/4507.html

Modelos de escrita





Postal

· Recado
· Convite
· Aviso



Exercícios variados


interpretação




Provas de Aferição de anos anteriores:


GAVE - http://www.gave.min-edu.pt/np3/7.html




http://www.gave.min-edu.pt/np3content/?newsId=7&fileName=PA_LP_Criterios_de_Classificacao_2__Cicl.pdf